Arquivo da tag: Rosana

Brasil vence a Noruega e lidera o grupo D

O Brasil venceu neste domingo a Noruega por 3×0, em Wolfsburg, na Alemanha, com grande atuação de toda a seleção, sobretudo da nossa camisa 10, Marta, que deu trabalho à zagueira norueguesa Holstad. Com o resultado, as brasileiras garantiram a liderança do grupo D, somando 6 pontos e garantindo a classificação para próxima fase da Copa do Mundo.

O jogo começou meio lento com muitas bolas perdidas por ambas equipes e o Brasil levou um susto quando antes dos 20 minutos, Fabiana em uma jogada na linha de fundo, chutou o chão e contundiu o tornozelo direito, saindo de maca. Mas ficou tudo bem com Fabi e ela voltou a campo. E para acalmar ainda mais os ânimos, aos 22 minutos, na primeira ofensiva decisiva da seleção, a craque Marta em jogada pela direita, se livrou da marcação norueguesa com um empurrão e driblou a zaga dentro da área, chutando pra abrir um placar. As européias reclamaram de falta na jogada da atacante, mas o gol foi válido. Aos 27 minutos, novamente Marta mostrou genialidade. Em um cobrança de escanteio ela quase marcou um gol olímpico. A Noruega tentava alguns lances, mas a zaga brasileira estava atenta e tirava as bolas, sem muito sufoco.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter:@futebolmeninas

Aos 40 da primeira etapa o Brasil teve chance de ampliar com Rosana, em chute forte de fora da área defendido pela goleira Hjelmseth. Aos 43, nossa goleira, Andréia, em bola dividida com o ataque norueguês, machucou a mão, mas logo se recuperou e o primeiro tempo terminou com o placar mínimo para o Brasil.

O intervalo parece ter feito bem para o Brasil. A equipe de Kleiton Lima voltou matadora e com apenas minuto de partida ampliou o placar com Rosana, que aproveitou bela jogada de Marta pela esquerda e meteu pra dentro da rede. A comemoração do tento teve direito a dancinha coletiva da equipe brasileira. Mal deu tempo de respirar e Marta marcou o terceiro do Brasil. A jogada saiu de um erro da zagueira norueguesa Mjelde, que recuou a bola para a goleira, sem contar com a disposição da atacante Cristiane, que partiu pra cima e recuperou a bola. Cris chutou para o gol, mas a bola foi defendida por Hjelmseth, que deu rebote. Marta pegou a bola que havia sobrado e com calma botou na rede. E mais dancinha em campo pra comemorar.

Meninas dançam em campo para comemorar o gol

Ao longo do segundo tempo a dupla Maurine-Marta criou ótimas oportunidades e triangulações. E a equipe da Noruega bem que tentou recuperar o prejuízo, mas a zaga brasileira manteve a segurança nos cortes. Ao longo do segundo tempo o Brasil conseguiu com toque de bola manter uma maior posse de bola e administrou bem a vantagem no placar. As européias chegavam as vezes até o gol de Andréia, mas não pareciam ter forças para reverter o resultado. Kleiton Lima fez algumas alterações no time, tirando Fabiana e colocando Francielle, e depois sacando Daiane e dando oportunidade de retorno a volante Renata Costa. Com isso, a equipe manteve o ritmo de toque de bola.

O Brasil comemorou bastante quando soou o apito final.Na próxima quarta as meninas enfrentam a equipe da Guiné Equatorial para tentar garantir a primeira colocação do grupo. Já as norueguesas não terão vida fácil e enfrentarão a Austrália para disputar a segunda vaga do grupo.

Confira uma análise diferente da partida no blog Laço da Chuteira

Próximos Jogos

Brasil x Guiné Equatorial – dia 06/07

Austrália x Noruega – dia 06/07

Rosana acha que união fará diferença contra a Noruega

Depois conquistar vitória sobre as australianas na última quarta-feira, 29 de junho, as brasileiras entram em campo no próximo domingo, dia 3, contra a Noruega, em busca de mais três pontos para garantir vaga na segunda fase do Mundial de futebol feminino.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas


Para a atacante Rosana, autora do primeiro e único gol da partida contra a Austrália, enfrentas as norueguesas, como sempre, será uma tarefa complicada, mas a união promete fazer toda a diferença no duelo.

“Estamos acostumadas a enfrentar a Noruega. É um time muito difícil, mas vamos nos preparar bem para esse jogo. Acredito que com essa união e essa força que temos, tudo dará certo”, afirmou ao site da Fifa.

Na primeira rodada do Grupo D, as européias venceram a Guiné Equatorial por 1 a 0.

Rosana é considerada melhor jogadora em campo

Depois de ter feito o gol da vitória do Brasil diante da Austrália, na estreia das meninas na Copa do Mundo da categoria, a lateral Rosana ainda ganhou o prêmio de melhor jogadora em campo. Feliz, ela contou como foi o momento em que marcou.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas


“Eu recebi a bola da Cris (Cristiane) na pequena área e chutei. Não sabia se tinha sido gol ou não, só quando as meninas vieram me abraçar é que eu me dei conta de que tinha feito gol”, disse ao site da CBF.

O gol foi dedicado à sua irmão, Luciane, que faz aniversáreio nesta quinta-feira, dia 30 de junho.

Em sua estreia no Mundial, Brasil vence Austrália por 1 a 0

Nesta quarta-feira, 29 de junho, o Brasil venceu a Austrália, por 1 a 0, com gol de Rosana, na estreia do Mundial de futebol feminino. Com o resultado, além de manter a tradição de vencer nas estreias da competição, as brasileiras passam a figurar na primeira posição do Grupo D da competição, ao lado da Noruega que obteve o mesmo placar no jogo contra a Guiné Equatorial mais cedo.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

O primeiro tempo foi marcado pelo nervosismo das brasileiras. Mesmo com a vontade sendo nítida e as jogadoras indo para cima, faltava um pouco de calma para organizar as jogadas e isso atrapalhou nas finalizações. Por isso, quem acabou assustando primeiro foram as adversárias, quando aos 22 minutos, Butt bateu pela esquerda, mas Andréia segurou. Em resposta, a Rainha Marta cruzou uma bola redondinha para Cristiane pelo lado esquerdo. A camisa 11 não conseguiu finalizar e a bola sobrou para Rosana que chutou por cima do gol.  A melhor do mundo ainda tentou chute ao gol, aos 34, mas a bola foi pela linha de fundo. Em jogada parecida com a anterior, Marta lançou para Cris, que chutou por cima.

Para a etapa final, o Brasil veio sem nenhuma modificação, mas o que chamou mesmo a atenção foi a mudança de postura das brasileiras. Tanto é verdade, que já aos 9 minutos, em jogada individual da craque Cristiane, com direito a chapéu e tudo, Rosana recebeu e mandou pro gol para abrir o placar. Após o gol, as australianas se assustaram e ficaram devendo na marcação, o que deu mais espaço para o Brasil trabalhar. Elas só voltaram a assustar novamente aos 36, quando Butt lançou pela direita, mas ninguém conseguiu finalizar. Ao fim do duelo, as adversárias ainda assustaram em um bate-rebate na área, mas o jogo terminou com vitória para as brasileiras.

O próximo jogo da Seleção Brasileira é no dia 3 de julho,  contra a Noruega – com a mesma pontuação -, às 13h15, em Wolfsburgo.

Ficha técnica:
Brasil: Andreia, Maurine, Daiane e Aline; Rosana, Ester, Erika e Fabiana; Formiga (Francielle), Marta e Cristiane. Técnico: Kleiton Lima
Austrália: Barbiere, Foord, Uzunlar, Carroll e Knight; Callum. Butt (Polkinghorne), Van Egmond (Shipard) e Garriock; Simon e De Vanna. Técnico: Tom Sermanni
Gol: Rosana, aos 9 minutos do segundo tempo
Arbitragem e auxiliares: Jenny Palmqvist (SUE) ; Helen Karo (SUE) e Anna Nystrom (SUE)
Data e Local: 29/06/2011; Borussia Park, em Mönchengladbach-ALE