Arquivo da tag: Futebol Feminino

Conheça Carla e Carol, indicadas ao Prêmio Ataff de 2011

Enfim, chegou o grande dia! Na última parte da reportagem com as indicadas ao Prêmio Bola de Ouro 2011, o Futebol Para Meninas apresenta a Carolina e a Carla.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

Às 15h deste sábado nós iremos conhecer a grande vencedora do Prêmio Ataff – RJ. A esta altura do campeonato, a pergunta que surge é: como estará o coração das meninas?  Quem será a grande vencedora? Enquanto os jurados não anunciam o resultado, o FPM traz para vocês um breve resumo do jeito de ser da Carolina e da Carla. Então? Vamos às apresentações? ‘Nice to meet you, girls!’
Anunciada como a grande surpresa de 2011, Carolina é uma atleta tranquila, meiga e tímida que adora estar com a família e amigos. Completamente o oposto da colega Carla, jogadora extrovertida e muito falante. Ambas têm em comum o fato de serem muito atenciosas com aqueles que a procuram. Conheça mais destas boleirinhas.

Carolina Duarte Inácio – Capricho Futebol Feminino (Santo Cristo)
A grata surpresa da temporada tem 22 anos e viu seu time nascer há cerca de um ano, fraco e sem perspectiva. Contudo, quando o futebol da Carolina começou a aparecer, transformou a tímida equipe do Santo Cristo – bairro da zona norte do Rio de Janeiro – numa das sensações da temporada. Melhor jogadora da Copa Leopoldina de Futsal, melhor jogadora e artilheira do Torneio da Solidariedade, Carol acumula também convocação para a Seleção de Futsal da ATAFF-RJ.
Profissão: Auxiliar administrativa de call center
Posição: Atacante
Prêmio a que foi indicada: Melhor Atacante, Bola de Ouro de Futsal e Bola de Ouro 2011
O que mais ama: Minha família e meu irmão
O que mais odeia: Falsidade
TPM: Horrível
Um lugar: Minha casa
O que mais gosta de fazer: Sair com as amigas, ficar em casa com meus irmãos, com meus cachorros
Mania: Ficar jogando futebol o tempo todo
O que acha que faz bem feito: Jogar futebol
O que acha que não faz bem: Agarrar

Resuma em uma palavra
Brasil: Corrupção
Seleção de Futebol Feminino: Falta de reconhecimento
Seleção de Futebol Masculino: O auge

Carla Monteiro – Leopoldinense (bairro de Olaria, zona norte do RJ)
Com 22 anos, Carla tem como principais características a velocidade, o bom posicionamento em campo e a finalização. Foi artilheira da Copa Leopoldina de Futsal e sempre mantém uma boa regularidade nas partidas em que atua. Também já fez parte da Seleção da ATAFF-RJ de Futsal.
Profissão: Balconista
Prêmio a que foi indicada: Melhor Atacante, Bola de Ouro no Futsal, Bola de Ouro 2011
O que mais ama: Futebol e família
O que mais odeia: Gente irritante e egoísta
TPM: Tenho muito!
Um lugar: Praia de Copacabana
O que mais gosta de fazer: Namorar (além de jogar bola)
Mania: Ser fominha e teimosa
O que faz bem feito: Gols!
O que faz mal feito: Arrumar a casa

 

Resuma em uma palavra

Brasil: Preconceito
Seleção de Futebol Feminino : Desrespeito
Seleção de Futebol Masculino: Realidade
Um sonho: Quero um dia ter minha casa própria e um carro

O Prêmio Ataff Rio de Janeiro – Melhores do Ano no Futebol Feminino acontece logo mais às 15h no auditório do 9º andar da Universidade Estácio de Sá, Campus Centro/ Uruguaiana. O Futebol Para Meninas parabeniza pelo trabalho destacado que as jogadoras vêm desempenhando em prol da modalidade e lhes deseja boa sorte.

Romer Osuna, da Conmebol, fala sobre futebol feminino

O Futebol para Meninas chegou a São José dos Campos para cobrir integralmente a III Edição da Libertadores Feminina e conseguiu conversar com exclusividade com Romer Osuna, Tesoureiro e Presidente da Comissão de Futebol Feminino da Conmebol e também Presidente da Comissão de Futebol Feminino da FIFA.

Era hora de aproveitar o raríssimo momento para tirar algumas dúvidas acerca dos esforços da entidade sul americana para o real desenvolvimento do futebol feminino no continente.

Romer Osuna discorreu inicialmente sobre a questão cultural do futebol na América do Sul. Para ele, o futebol feminino por aqui ainda sofre por questões de gênero, como ser tratado como uma modalidade fundamentalmente masculina: “É muito comum vermos a postura das famílias sul-americanas sobre as meninas que gostam de jogar bola, “Isto é coisa para homens, à mulher cabe brincar de boneca e aprender os ofícios domésticos”, dizem. Mudar esta mentalidade é muito difícil e consequentemente, difícil conseguir que investimentos concretos sejam direcionados ao futebol feminino”.

Indagado sobre o quando a Conmebol cobra das federações para que o futebol feminino seja valorizado, divulgado e tenha um calendário regular, Osuna disse não ter poder de interferência nas ações das federações, contudo, sempre toca no assunto nos encontros com os mandatários. O detalhe: quase nunca é levado a sério.

De acordo com ele, a Conmebol investe cerca de US$ 2 milhões bianualmente para as competições sul-americanas masculinas e femininas, e recebe da FIFA cerca de US$ 37,500.00 por ano para serem divididos entre as federações em suas ações pró futebol feminino.

Romer Osuna durante congresso de abertura da Libertadores Feminina

Questionado sobre a diferença entre a Conmebol e a UEFA e os investimentos na modalidade, o tesoureiro usou de valores: “Não há como comparar. A Conmebol trabalha com um orçamento de US$ 44 milhões e a UEFA trabalha com valores em torno de US$ 1 bi.” Ele disse ainda que o Brasil sempre sedia a competição porque é o único país que se dispõe a organizar e assumir as responsabilidades que a Libertadores exige. Os demais países, já consultados sobre o interesse em sediar o evento, dizem não ter estrutura para uma recepção adequada.

Mas nem tudo é inferno para o futebol feminino sul-americano. Esta edição da Libertadores premiará os quatro primeiros colocados na competição e pagou, a cada equipe participante, US$ 7,500.00.

Os prêmios:
1º lugar: US$ 20,000.00
2º lugar: US$ 15,000.00

3º lugar: US$  9,000.00

4º lugar: US$  6,000.00

Nesta quinta-feira, 24, a competição chega às semifinais com Santos x São José e Caracas x Colo Colo. A final acontece no domingo, 27. O Futebol para Meninas segue acompanhando e informando todos os detalhes de cada jogo, afinal, a imprensa tem papel fundamental na divulgação da modalidade.

III Edição do Torneio Cidade de São Paulo tem datas e equipes definidas

Dezembro é o mês já definido no calendário paulistano para a realização do Torneio Cidade de São Paulo de Seleções. O palco, o Estádio Paulo Machado de Carvalho, o amado Pacaembu.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

A III Edição do Torneio Cidade de São Paulo ocorre de 07 a 18 de dezembro  e para manter o alto nível técnico das edições anteriores e promover uma disputa ainda mais acirrada, a Seleção Brasileira recebe as seleções de Itália, Dinamarca e Chile. O evento deste ano tem um toque muito especial, porque vai servir como preparação do Brasil para as Olimpíadas de Londres em 2012.

Medalhista de Prata nas duas últimas Olimpíadas, o Brasil é favorito ao Ouro em 2012, mas as partidas preparatórias serão essenciais para a nossa equipe.  Mais um grande destaque do Torneio deste ano será a presença da Rainha Marta, Melhor Jogadora do Mundo pela FIFA por cinco vezes consecutivas, capaz de levantar o público com seus gols, dribles e repertório de jogadas espetaculares, do mais puro talento.

A organização espera um número ainda maior de público este ano, uma vez que mais de 27.000 torcedores compareceram às finais da edição anterior.  O Torneio contará com cobertura completa pelo Grupo Bandeirantes de Comunicação, e transmissões ao vivo de todas as partidas pelo BANDSPORTS.  A BAND – TV aberta – transmite ao vivo todas as partidas da Seleção Brasileira para todo o país e exterior.

Histórico
Em dezembro de 2009 foi realizado o 1º Torneio Internacional Cidade de São Paulo de Futebol Feminino, no Estádio do Pacaembu.  Com as presenças de Brasil, China, Chile e México, o torneio rapidamente se tornou um sucesso de público, com mais de 25.000 pessoas na final, além de atingir números expressivos de audiência.  Desde então, o Torneio se tornou um evento oficial do Calendário da Cidade de São Paulo.

No ano passado o sucesso se repetiu, com as presenças de Brasil, México, Canadá e Holanda.  Apesar do título das canadenses sobre o Brasil na final, pelo saldo de gols, o grande destaque foi novamente a Rainha Marta, Melhor Jogadora do Mundo pela FIFA por cinco anos consecutivos.

O Torneio resgatou o prazer de ir ao estádio como um passeio familiar, com muitas famílias lotando as arquibancadas do Pacaembu, em clima de paz e alegria.

Inglaterra cria nova liga para futebol feminino

As boleiras inglesas – e até as que não são – podem começar a comemorar. É que, segundo a BBC, uma nova liga está sendo criada para que o futebol feminino tenha mais destaque no país. A Super League será a primeira competição semi-profissional para as mulheres e terá oito equipes, de várias partes do país, concorrendo.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

Ainda segundo o site da emissora internacional, a Associação de Futebol diz que, com a criação da liga, espera evitar a concorrência desigual que ocorre entre os clubes, já que os mais ricos sempre ficam com os melhores atletas. Por isso, cada um deles só poderá gastar anualmente cerca de 400 mil dólares para montar seu elenco.

Os organizadores acreditam ainda que o campeonato trará de volta as grandes estrelas do futebol inglês, que migraram para Alemanha e Estados Unidos em busca de mais reconhecimento em competições profissionais.

Primeira rodada do Campeonato Carioca Feminino é divulgada

A FERJ divulgou na última terça-feira, dia 12 de abril, a primeira rodada do Campeonato Estadual de Futebol Feminino. A competição contará com sete equipes – Imperial, Vasco, Volta Redonda, Bangu, Bonsucesso, Duque de Caxias e Mangaratibense – e começa no próximo domingo dia 17 de abril, com um grupo de três times e um de quatro.

Siga o futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

Na temporada passada, que teve o Vasco como campeão do torneio, a competição contou apenas com três clubes em um torneio de pontos corridos. O CEPE – que na mesma época conquistou a Copa do Brasil e se qualificou para a Libertadores da América – ficou em segundo, deixando o Voltaço na terceira posição.

Confira os grupos do Estadual 2011:

GRUPO A: Imperial (Kosmos), Vasco e Volta Redonda
GRUPO B: Bangu, Bonsucesso, Duque de Caxias e Mangaratibense

PRIMEIRA RODADA – Domingo, 17 de abril *

15:00 Volta Redonda x Imperial – Raulino de Oliveira
15:00 Mangaratibense x Duque de Caxias – Municipal de Mangaratiba
15:00 Bangu x Bonsucesso – Moça Bonita

* O Gigante da colina não joga esta rodada.

FPM estreia blog sobre futebol feminino

Esta terça-feira, dia 5 de abril, é um dia especial para o Futebol para Meninas. Isso porque o blog da Lu Castro está fazendo sua estreia. Lá vocês vão encontrar assuntos, principalmente, relacionados ao futebol feminino e pitacos sobre o que mais ela quiser comentar, mas sempre com uma visão que só as mulheres têm.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

Nesta primeira semana, a Lu resolveu abordar a Copa do Mundo de Futebol Feminino 2011, as dificuldades que a modalidade encontra e o que nós, amantes do futebol feminino unidos pela voz da Lu, desejamos que aconteça nos próximos anos.

E mais: vocês também podem dar opiniões sobre os assuntos. Basta clicar lá embaixo nos comentários. Então, mãos à obra! Vamos mostrar para todo mundo que futebol é coisa de menina sim!

Confira o primeiro post AQUI

Comitê da Copa do Mundo Feminina visita São Januário

Na tarde da última segunda-feira, dia 21 de março, o presidente do Vasco, Roberto Dinamite, recebeu em São Januário o Comitê da FIFA de Futebol Feminino, que esteve presente na cidade para promover a Copa do Mundo de Futebol Feminino 2011. Os responsáveis pelo Comitê fizeram um tour pelo estádio e conheceram as instalações onde as meninas vascaínas treinam.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

Durante a visita, o dirigente presenteou a ex-jogadora alemã Steffi Jones, presidente do COL, com um DVD com os melhores gols da carreira, camisas, broches, medalhões e flâmula do clube. Jones, por sua vez, devolveu o carinho com flâmula e broche do Comitê.

“Estou defendendo o desenvolvimento do futebol feminino para abrir portas dentro das federações e o Vasco tem um presidente que ajuda muito o futebol feminino. O presidente Roberto está de parabéns pelo trabalho que está realizando”, afirmou Steffi Jones, presidente do Comitê.

Durante a visita ao estádio vascaíno, o presidente Roberto Dinamite presenteou Jones com DVD dos melhores gols da carreira, camisas, medalhões, broches e flâmula do Vasco. Steff  devolveu o carinho com uma flâmula e broche do Comitê.

O time feminino do Vasco é formado por atletas da Seleção Brasileira Militar, elenco que se prepara para a disputa do 5º Jogos Militares que acontecem em julho deste ano no Rio de Janeiro.

Roberto Dinamite elogia iniciativa do Fla em criar equipe feminina

Curtindo o último dia de desfiles deste ano na Sapucaí, o presidente do Vasco, Roberto Dinamite, não esconde de ninguém que aposta no futebol feminino. A prova é que o Gigante da Colina fez uma parceria com a Marinha e a equipe se tornou forte, disputando até competições internacionais. E como foi jogador de futebol, o dirigente sabe a importância do incentivo para a modalidade. Exatamente por isso, ele contou ao FPM que ficou feliz em saber que o esporte está ganhando a adesão de grandes clubes como o Flamengo.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

“Achei ótimo que o Flamengo tenha tomado essa iniciativa. Ano passado o Vasco disputou o Campeonato Carioca somente com mais dois times. Será muito bom poder ver uma competição maior agora”, disse, aproveitando para completar. “Realmente foi um passo muito importante para o futebol feminino”, encerrou.

Legal ver times rivais lutando pelo futebol feminino, não é mesmo? Que todos eles possam mandar bem dentro de campo e que possamos continuar acompanhando muitos e muitos shows!

Vasco e Marinha promovem encontro de futebol feminino

O Vasco da Gama e a Marinha do Brasil irão realizar no dia 26 de março o I Encontro de Futebol Feminino do Rio de Janeiro, na Sede Náutica do Calabouço. O objetivo do evento é promover debates sobre a realidade do esporte e expor as tendências do dutebol feminino no Estado.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

Para se inscrever, os interessados devem entrar em contato com o Departamento de Futebol Feminino por e-mail: paulo.neves@crvascodagama.com. A inscrição é gratuita.

Confira a programação do encontro:

9h às 12h – Primeiro bloco de debates: O desenvolvimento do futebol feminino.
13h às 17h – Segundo bloco de debates: Dificuldades do futebol feminino

26/03: I Encontro de Futebol Feminino (9h às 17h)
Sede Náutica do Calabouço: Rua Jardel Jercolis, s/nº, Centro, entre o aeroporto Santos Dumont e o MAM.

Flamengo adia apresentação do time de futebol feminino

A apresentação oficial do time de futebol feminino do Flamengo, que aconteceria na noite desta quinta-feira, dia 3 de março, foi adiada para a próxima quinta, dia 10, às 10h, na Gávea. O motivo é que  a Olympikus, fornecedora de material esportivo do clube, não conseguiu entregar os uniformes  a tempo do evento.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

Procurada pelo FPM, a assessoria de imprensa da empresa não se pronunciou sobre o assunto.