Arquivo da tag: Copa do Brasil de futebol feminino

Vasco empata sem gols com o Rio Preto/SP em casa

Nesta quinta-feira, 1º de setembro, o Vasco empatou em 0 a 0 com o Rio Preto, em São Januário. A partida de volta, válida pelas oitavas de final da Copa do Brasil, será na próxima quarta-feira, 8, às 15h, no estádio Riopretão, em Rio Preto (SP).

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

O primeiro tempo foi marcado pela eficiência da defesa das paulistanas. Enquanto elas tentavam jogar no contra-ataque, as vascaínas paravam em erros bobos na entrada da área.

Com a entrada de Larissa, a segunda etapa ficou mais movimentada e o panorama da partida mudou. Mais ofensivo, o Vasco chegou a levar perigo algumas vezes pela esquerda com a camisa 18. No entanto, não obteve êxito e terminou a partida sem gols dentro de casa.

Torcida compareceu para incentivar as vascaínas

Para o técnico da equipe, Daniel Gonçalves, o resultado, apesar de ruim, não foi totalmente negativo para as cariocas, já que o time conseguiu parar as adversárias e não sofrer gols.

“Jogando em casa tínhamos a obrigação de mandar no jogo. No geral é um resultado ruim, mas o 0 a 0 é o melhor dos empates. Pelo menos não tomamos gols”, afirmou, após o duelo.

Outros resultados da rodada:

Atletas de Jesus/GO 0 x 6  Santos/SP (As Sereias da Vila eliminaram o jogo de volta)

Botafogo/PB 0 x 1 São Francisco/BA
Atlético/MG 0 x 2 São José/SP
Caucaia/CE 0 x 3 Vitória/PE (O Vitória também eliminou o jogo de volta)
Kindermann/SC 1 x 0 Foz Cataratas/PR

Os jogos entre Iranduba/AM x Tuna Luso/PA e Amazonia/AC x Viana/MA estão marcados para domingo.

Saiba mais sobre a Copa do Brasil de Futebol Feminino

A Copa do Brasil de Futebol Feminino, dentro do formato que a conhecemos, é uma competição relativamente nova. Sua primeira edição aconteceu em 2007, ao término do Brasileirão e durou 1 mês e 10 dias com 32 equipes participantes, assim como acontece hoje. Na ocasião, o SAAD disputou a competição pelo Mato Grosso do Sul e faturou o título tendo em seu plantel atletas como Daniela Alves, Formiga, Maicon, Michael Jackson, entre outras. Esta primeira edição teve 68 jogos, com 246 gols e tendo em Daniela Alves, a artilheira da competição com 14 gols.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

Vale ressaltar que a idéia de realizar uma competição nacional em 2007, veio do destaque que nossas meninas tiveram nos Jogos Olímpicos de Verão em 2004 (medalha de prata), no Panamericano do Rio em 2007 (ouro) e no vice-campeonato no Mundial da China em 2007. De 1983 a 1993, a competição nacional das meninas foi a Taça Brasil e de 1997 a 2001, tivemos um Campeonato Nacional.

SAAD Campeão de 2007 com atletas como Michael Jackson e Daniela Alves

II Edição
Em 2008, a Copa foi disputada entre 1º de novembro e 17 de dezembro, também com 32 equipes no sistema de mata-mata. Com mais ocorrências junto ao STJD do que na I Edição, a competição teve 208 gols em 56 jogos e com Luciléia do Kindermann sendo a artilheira da Copa com 8 gols. As Sereias da Vila levantaram o caneco e o Sport ficou com o vice-campeonato. Sem estaduais devidamente definidos e instalados, a Copa seguiu o critério do Ranking Nacional de Federações para que fossem indicadas as equipes representantes de cada Unidade da Federação.

Sereias levantam a taça de 2008

Sobre as ocorrências de 2008: No dia 18 de novembro, Corinthians é absolvido pelo STJD no caso da escalação da jogadora Nildinha no jogo contra o SAAD, mas no dia seguinte, a CBF suspende (por decisão do STJD) os dois jogos do Corinthians contra o Santos e no dia 27 do mesmo mês, o Tribunal Pleno determina a eliminação do Corinthians da competição. A equipe Nilton Lins também foi desclassificada pela escalação irregular da jogadora Vanda, fazendo com que o Boa Vontade avançasse na competição e encarando Sport nas semi-finais.

III Edição
Com Marta e Cristiane abrilhantando a competição junto ao elenco santista, a Copa do Brasil de 2009 teve início no dia 24 de setembro e terminou no dia 1º de dezembro com o Santos campeão invicto. Em 47 jogos foram marcados 223. A indicação das equipes para participar da competição seguiu o Ranking Nacional de Federações, já que muitos estados ainda não possuiam um estadual organizados por suas respectivas federações.

2009 as Sereias conquistam o Bi com a Rainha Marta no comando da campanha

IV Edição
Com algumas irregularidades acerca das regras estipuladas no Plano de Ação da CBF que é baseada no Estatuto do Torcedor, a Copa do Brasil de 2010 contou com as mesmas 32 equipes qualificadas de acordo com o Ranking Nacional de Federações. Foram realizados 56 jogos com um total de 190 gols. O Santos, favorito ao título, deixou a competição nas quartas-de-final ao empatar em casa com o Foz Cataratas e perder o jogo de volta por 1 a 0. A equipe paranaense chegou a final, mas perdeu o título para o Duque de Caxias em final que acabou em confusão por conta da insatisfação da equipe do Foz e da comissão técnica com a arbitragem, que de acordo com a equipe paranaense, foi tendenciosa, favorecendo a equipe da casa. Veja mais detalhes aqui.

Duque de Caxias fatura a IV Edição da Copa do Brasil

V Edição
Para a edição deste ano, que começa no próximo dia 18, quinta-feira, serão 32 equipes em campo, representando todos os estados da União e qualificados de acordo com o Ranking Nacional de Federações. O sistema de disputa segue sendo mata-mata até a fase final. Na primeira fase, a equipe visitante que vencer a mandante com 3 gols de diferença elimina o jogo de volta e se classifica para a próxima fase.

Somente as atletas devidamente registrada na DRT e com nomes publicados no BID até o último dia útil que antecede o jogo, estão aptas a participar da competição. Para atletas contratadas após o início da competição, o regulamento prevê que só terão condições de jogo, aquelas cujo clube contratante efetuar o registro até o último dia útil anterior ao início da segunda fase da Copa do Brasil.

Critério de desempate:
1º – Maior saldo de gols;
2º – Maior número de gols pró assinalados no campo do adversário; e
3º – Cobranças de pênaltis de acordo com os critérios adotados pela International Board. (No caso de decisão por pênaltis, a mesma deverá ter início 10 minutos após o término do jogo de volta)

No dia 18 teremos 16 jogos de ida, todos previstos para iniciar as 20 horas, mas ainda sem nenhuma informação sobre uma possível transmissão televisiva.

Ressalva: O Ministério Público alagoano, entrou com liminar solicitando o adiamento do início da Copa do Brasil tomando como base o artigo 9º do Estatuto do Torcedor, que prevê:
“”Art.9º – É direito do torcedor que o regulamento, as tabelas da competição e o nome do Ouvidor da Competição sejam divulgados até sessenta dias antes de seu início, na forma do parágrafo único do art.5º.
§ 1º: Nos dez dias subseqüentes à divulgação de que trata o caput, qualquer interessado poderá manifestar-se sobre o regulamento diretamente ao Ouvidor da Competição.
§ 2º: O Ouvidor da Competição elaborará, em setenta e duas horas, relatório contendo as principais propostas e sugestões encaminhadas.
§ 3º: Após exame do relatório, a entidade responsável pela organização da competição decidirá, em quarenta e oito horas, motivadamente, sobre a conveniência da aceitação das propostas e sugestões relatadas.
§ 4º: O regulamento definitivo da competição será divulgado, na forma do parágrafo único do artigo 5º, quarenta e cinco dias antes do seu início.
§ 5º: É vedado proceder alterações no regulamento da competição desde sua divulgação definitiva, salvo na hipóteses de:
I – apresentação de novo calendário anual de eventos oficiais para o ano subseqüente, desde que aprovado pelo Conselho Nacional de Esporte (CNE);
II – Após dois anos de vigência do mesmo regulamento, observado o procedimento de que trata este artigo.”

Segundo notícia publicada pelo site Alagoas 24 horas, o juíz da 13ª Vara Cível de Maceió, Pedro Jorge Cansanção determinou por meio de liminar nesta sexta-feira, 12 de agosto, a suspensão da competição atendendo ao pedido do MP. Todos aguardam uma manifestação da CBF.

Copa do Brasil de futebol feminino deve ser adiada para setembro

De acordo com o site FFNews, a CBF deve adiar a Copa do Brasil de futebol feminino para o fim de setembro, já que o juiz da 13ª Vara Cível de Maceió, Pedro Jorge Cansanção, determinou, liminarmente, na sexta-feira, 12 de agosto, a suspensão da competição nacional. A ação foi movida peloas promotores de Justiça Max Martins e Denise Guimarães, através do Ministério Público de Alagoas.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

Em sua decisão Cansanção determinou que a entidade cumpra, em um prazo de 48 horas, o que diz o o art. 9º do Estatuto do Torcedor, ou seja, respeite o período mínimo de 60 dias de antecedência para marcar o torneio. Em caso de descumprimento da lei, a CBF terá que pagar R$5 mil por dia para a Justiça.