Arquivo da tag: CEPE/Duque de Caxias

CEPE/Duque de Caxias fica no empate com Universidad Autonoma

O CEPE/Duque de Caxias empatou em 0 a 0 com o Universidad Autonoma (PAR), nesta quarta-feira, 16 de novembro, pela segunda rodada da Libertadores Feminina. O resultado deixa a equipe brasileira com quatro pontos na competição internacional.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

Apesar de ser visivelmente melhor, as meninas do CEPE não conseguiram alcançar a vitória diante das paraguaias.

Na próxima rodada, as brasileiras de Duque de Caxias encaram o Colo Colo (CHI), no sábado, 19, às 10h, no Martins Pereira.

Confira os grupos:

Grupo A
Duque de Caxias-Bra
Colo Colo-CHI
U. Autonoma de Asuncion-PAR
Sport Girls-PER

Grupo B
Santos-BRA
Nacional-URU
Caracas-VEN
Gerimex Santas Cruz-BOL

Grupo C
São José dos Campos-BRA
Boca Juniors-ARG
Formas Intimas-COL
LDU-EQU

Segunda  rodada
Dia 16
15h45 – CEPE/Duque de Caxias (BRA) 0 X 0 U. Autonoma de Asuncion (PAR)
18h – Sport Girls/PER x Colo Colo (CHI)

Dia 17
13h30 – Nacional (URG) x  Caracas FC (VEN)
19h00 – Santos FC (BRA) x Gerimex Santa Cruz (BOL)

Dia 18
15h30–  Formas Intimas (COL) x LDU Quito (EQU)
18h – Boca Juniors (ARG) x São Jose dos Campos (BRA)

Libertadores Feminina: Duque de Caxias vence o Sport Girls de goleada

Neste domingo de estreia da Libertadores de Futebol Feminino, as meninas do CEPE/Duque de Caxias venceram de goleada as peruanas do Sport Girls, no Martins Pereira, em São José dos Campos. Mostrando superioridade em campo, o atual campeão da Copa do Brasil feminina abriu o placar com gol de Néia e, antes do fim do primeiro tempo, Camila, de jogada ensaiada, marcou o segundo do Duque de Caxias.

No segundo tempo, as meninas do Sport não conseguiram reverter a situação e Barbara e Daiane balançaram a rede para fechar o placar em 4 a 0 para o clube de Caxias.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

Antes disso, também pela primeira rodada do Grupo A, o Universidad Autónoma, do Paraguai, empatou em 2 a 2 com as chilenas do Colo Colo. As próximas partidas acontecem nesta segunda e será disputada entre o Nacional X Gerimex Santa Cruz e Santos X Caracas, todos do Grupo B.

Confira os grupos:

Grupo A
Duque de Caxias-Bra
Colo Colo-CHI
U. Autonoma de Asuncion-PAR
Sport Girls-PER

Grupo B
Santos-BRA
Nacional-URU
Caracas-VEN
Gerimex Santas Cruz-BOL

Grupo C
São José dos Campos-BRA
Boca Juniors-ARG
Formas Intimas-COL
LDU-EQU

Primeira rodada
Dia 13
10h00 – U. Autonoma de Asuncion (PAR) 2 X 2 Colo Colo (CHI)
12h15 – Duque de Caxias (BRA) 4 x 0 Sport Girls (PER)

Dia 14
16h45 – Nacional (URG) v. Gerimex Santa Cruz (BOL)
19h00 – Santos FC (BRA) v. Caracas FC (VEN)

Dia 15
15h45 – São Jose dos Campos (BRA) v. LDU Quito (EQU)
18h00 – Boca Juniors (ARG) v. Formas Intimas (COL)

Conmebol divulga grupos da Libertadores feminina deste ano

A Conmebol anunciou nesta sgeunda-feira, 31 de outubro, como ficaram os grupos da Copa Libertadores feminina de futebol, que começa no dia 13 de novembro. Serão três grupos e as equipes brasileiras que se credenciaram para o torneio – CEPE/Duque de Caxias, Santos e São José – são cabeças de chave. Os times disputam entre si e os primeiros lugares, mais o melhor segundo colocado por índice técnico avança para a fase final.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

Na primeira rodada, o CEPE/Duque de Caxias encara o Sport Girls (PER), enquanto as Sereias da Vila pegam o Caracas FC (VEN). Já a equipe de São José dos Campos, cidade que vai sediar o torneio, enfrenta a LDU Quito (EQU).

O grande campeão será revelado no dia 27, quando acaba a competição sul-americana.

Confira os grupos:

Grupo A
Duque de Caxias-Bra
Colo Colo-CHI
U. Autonoma de Asuncion-PAR
Sport Girls-PER

Grupo B
Santos-BRA
Nacional-URU
Caracas-VEN
Gerimex Santas Cruz-BOL

Grupo C
São José dos Campos-BRA
Boca Juniors-ARG
Formas Intimas-COL
LDU-EQU

Primeira rodada
Dia 13
10h00 – U. Autonoma de Asuncion (PAR) v. Colo Colo (CHI)
12h15 – Duque de Caxias (BRA) v. Sport Girls (PER)

Dia 14
16h45 – Nacional (URG) v. Gerimex Santa Cruz (BOL)
19h00 – Santos FC (BRA) v. Caracas FC (VEN)

Dia 15
15h45 – São Jose dos Campos (BRA) v. LDU Quito (EQU)
18h00 – Boca Juniors (ARG) v. Formas Intimas (COL)

Libertadores feminina tem regulamento divulgado pela Conmebol

Na noite da última terça-feira, 18 de outubro, a Conmebol divulgou o regulamento completo da Taça Libertadores de Futebol Feminino deste ano, que será disputada em São José dos Campos, interior de São Paulo, entre os dias 13 e 27 de novembro. O Brasil terá três representantes – Santos, CEPE/Duque de Caxias e São José – no torneio que conta com 12 times. As outras equipes ainda não foram divulgadas pela confederação, mas já se sabe que cada país filiado terá um representante.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

A primeira fase consistirá em três grupos, com quatro times cada, jogando entre sim em jogo único. Ao fim da fase, o melhor colocado de cada grupo, mais o melhor segundo colocado de todos os grupos avançam na competição, também em sistema único. O vencedor de cada semifinal disputa o título da Libertadores e os perdedores se enfrentam pelo terceiro lugar.

O campeão leva para casa U$20 mil, a segundo colocado embolsa U$15 mil, o terceiro fica com U$9 mil e o quarto com U$6 mil. Além disso, todos os times recebram a quantia de U$ 7.500 pela participação.

Edson Galdino lamenta eliminação e já pensa na Libertadores

Com status de atual campeão da Copa do Brasil, o CEPE/Duque de Caxias foi eliminado na última quinta-feira, 18 de agosto, pelo Rio Preto, equipe que vem fazendo bela campanha no Campeonato Paulista e ocupa o primeiro lugar da torneio estadual. Depois de perder por 4 a 1 para as adversárias, as meninas do time carioca ainda não acreditam que já foram eliminadas da competição nacional. Prova disso, é que Néia desabafou no Twitter, lamentando a saída precoce. Com o técnico Edson Galdino, não é diferente.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

“Não sei explicar o que houve. Nunca vi uma coisa dessas. Demos quatro gols para o adversário. Quando descontamos, achei que poderia ser a nossa virada, mas o quarto gol foi uma ducha de agua fria”, falou, desapontado.

O treinador contou ainda que não conversou com as jogadoras, porque preferiu preservar as atletas após o duelo, e atribuiu o tropeço à diretoria do clube, que liberou três jogadoras do grupo – as zagueiras Karen e Renata, além da ala Larissa -  para disputar a Universíade, na China.

“Faltou responsabilidade. A diretoria deixou que três jogadoras titulares da minha equipe viajassem e eu não tinha peças de reposição. Agora estou negociando com eles a possibilidade de trazer mais atletas. Precisamos disso”, afirmou.

Mesmo com a derrota inesperada, Edson fez questão de dizer que o grupo não vai se abater, já que considera que o CEPE/Duque de Caxias tem grandes chances de sagrar-se campão da Libertadores deste ano. “Não vamos nos desestimular. As coisas não acontecem por acaso e só com muito trabalho iremos conseguir algo”, encerrou.

A Conmebol ainda não divulgou a data do início da competição Sul-Americana.

Técnico do CEPE/Caxias é um paizão dentro e fora de campo

Se no futebol masculino, às vezes nos deparamos com figuras que são identificadas como “paizões”, no feminino não é diferente. Talvez o melhor representante deste perfil de técnico, seja o treinador Edson Galdino. No comando do Duque de Caxias, atual campeão do Campeonato Carioca e da Copa do Brasil, o comandante soma mais de 180 títulos na carreira. Mas o que se destaca mesmo na trajetória deste caxiense não são as conquistas. Lógico que elas também tem sua importância, mas o coração do técnico parece ser o que suas meninas mais valorizam.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

Edson Galdino posa com a equipe após a conquista de um dos mais de 80 títulos com o CEPE/Duque de Caxias

Tanto é verdade que Galdino, que começou no futebol feminino em 1999, abriga cinco jogadoras em sua casa, localizada em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Karen, (do Paraná), Renata (de São Paulo), Caneca, Néia (ambas de Minas Gerais) e Day (do Mato Grosso) chegaram ao Rio em busca de um sonho: ser jogadoras de futebol e quem sabe representar a Seleção Brasileira. De aclguma forma, quem deu vida a esse sonho e possibilitou que as meninas entrassem em campo, foi Edson, já que sem que pudessem ficar na casa dele, elas teriam que voltar para a cidade natal.

“Ele é nosso paizão. Nós brigamos com ele como se fossemos filhas dele. Temos um convívio maravilhoso. Não poderia ser melhor”, contou Karen, que atua no Tricolor sob o comando do técnico. “Aqui a mãe e a irmã do Edson nos tratam muito bem. Que nem filha mesmo, sabe? Por isso, acho que consigo suprir essa parte de saudade da minha família, que é de Curitiba. Sempre tem alguém para dar um abraço”, completou.

Mas nem sempre o treinador abrigou meninas. A história curiosa, na verdade, começou para tentar transformar o sonho de um menino. Edson o levou para casa para tentar ajudá-lo. Quando ele se deu conta, tinham mais de 15 jovens dentro e casa, todos com o mesmo objetivo.

“Depois que os meninos foram embora, achei que não teria que acolher mais ninguém, mas aí foram chegando as meninas. Aqui é mais do que uma concentração, é um lar. Uma família. Elas preferem ficar aqui do em casa. Em dias de jogos, acabam todas ficando por aqui mesmo”, contou, com ar orgulhoso.

Tá achando que a história daria um filme? Pois então, já deu. O longa “República das Meninas” foi filmado entre 2009 e 2010 por alemães que vieram para o Brasil e descobriram o caso. Feito em três meses, a volante Karen contou como foi a experiência.

“Eles acompanhava todo o nosso dia-a-dia. Pegava a gente acordando, treinando, em casa. Foi muito legal”, disse.

O filme ainda não tem data paa estrear, mas o técnico garantiu que será em Duque de Caxias, perto de todo mundo que o ajudou a conquistar tudo o que tem: títulos, carinho e confiança dessas meninas que o adoram.

Campeonato Carioca: empate sem gols dá o título ao CEPE/Duque de Caxias

O CEPE/Duque de Caxias conquistou o título do Campeonato Carioca neste domingo, dia 5 de junho, após empatar em 0 a 0 com o Vasco, no CT do Reduc. A conquista só foi possível devido à vantagem obtida anteriormente.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

No primeiro jogo, as cruzmaltinas perderam por 3 a 2, em São Januário e por isso precisavam vencer esta partida final por dois gols de diferença para levar o caneco. A vantagem de um gol levaria a decisão para os pênaltis.

Ao fim do duelo, aos 43 minutos, a goleira Vanessa, do Vasco, e a Karen, do Duque, se chocaram e precisaram ser levadas para o hospital. Desacordada, a vascaína teve que sair de ambulância do local, e a jogadora do time da Baixada, avaliada pelo médico da equipe, terá que tomar cerca de 15 pontos no rosto.

Como as duas equipes conquistaram vaga na final da competição estadual, ambas terão o direito de disputar a Copa do Brasil de 2012, como prevê o regulamento.

Agora, o CEPE/Duque de Caxias se prepara para a disputa da Copa do Brasil e Copa Libertadores deste ano, já que foi campeão da Copa do Brasil do ano passado, enquanto as vascaínas, que formam o time da Marinha do Brasil, disputam os Jogos Mundial Militares.