Carol Celico fala sobre desligamento da igreja Renascer

Depois de cerca de um ano, Carol Celico revelou o porquê do desligamento da igreja Renascer, a qual ela e o marido frequentavam. Em entrevista a revista Istoé, ela garantiu: “Não penso mais como aquela Carol, mais imatura, influenciável. Quero seguir o meu caminho com as minhas próprias pernas. Esse foi o motivo pelo qual saí da Renascer”.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

A esposa de Kaká contou que no início, quando começou a ir aos cultos, quase incessantemente, sua mãe, Rosângela Lyra, 46, católica, empresária da moda, percebeu o exagero e tentou contê-la. “Ela quis me proteger da Renascer. Tentou me afastar da igreja, mas sempre que ela tentava, eu entrava mais e mais”, lembra Caroline. “Cheguei a jogar fora as coisas dela de santo, a quebrar uma pulseirinha.Me envolvi completamente, fui fanática”.

Nessa época ela se tornou pastora e passou a pregar para o rebanho da Renascer via Internet e disse que iria expandir a igreja pela Europa. Em 2009, durante um sermão, sugeriu que Deus havia dado dinheiro para o Real Madrid, em plena crise financeira, para contratar Kaká. “Me arrependo profundamente dessa declaração. Escutei de uma pessoa e repeti”, diz.

Sobre o fator primordial que a fez deixar a igreja, ela conta: “Foi um baque perceber que estava querendo agradar mais a pessoas do que a Deus. Olhando as atitudes dos meus líderes, percebi situações em que a palavra não condizia com a atitude. Na igreja, eu era superheroína da fé, superpastora, mas chegava em casa tratava mal a pessoa que trabalhava para mim”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>