Brasil vence e Maurine faz gol em homenagem ao pai falecido

A Seleção Brasileira feminina de futebol venceu o México, por 1 a 0, nesta terça-feira, dia 25 de outubro. O gol foi marcado pela lateral Maurine, que como prometido, conseguiu homenagear o pai falecido no último domingo. Além disso, o resultado garantiu a vaga das meninas na final do Pan-Americano, onde elas enfrentam o Canadá.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

O primeiro tempo foi complicado para as meninas do Brasil. Cometendo erros bobos, as brasileiras não conseguiram se livrar da marcação das mexicanas e ficaram no 0 a 0.

Na segunda etapa, o time entrou em campo com outra postura e já começou assutando as adversárias. Mas o gol só veio aos 29 minutos com Maurine. em jogada individual pela direita, a lateral chutou cruzado e rasteiro para garantir o time no sonho pelo ouro.

A final está marcada para a próxima quinta-feira, às 20h, no estádio Estádio Omnilife.

 

4 comentários sobre “Brasil vence e Maurine faz gol em homenagem ao pai falecido

  1. Futebol feminino é sinônimo de superação.A força e a luta de mulheres que buscam a realização em um esporte longe das prioridades de investimento nacional.Parabéns para a nossa seleção e principalmente para a Maurine que se superou duas vezes!

    #Futebolfeminino

  2. Exemplo.
    É assim que Maurine tem que ser definida. Exemplo de persistência, garra, força de vontade e obediência. Ela não tinha obrigação nenhuma em jogar. Suas condições psicológicas, acreditem que influencia muito em campo, não eram as melhores. Mas mesmo assim, a pedido do pai, o último, ela jogou. E jogou bem.
    Maurine é uma jogadora de atividade constante. Sempre está bem, alguns erros, afinal ela é humana, mas sempre está disposta a dar o seu melhor em campo, mesmo quando o quadro fora de campo é dos piores.
    Creio que ela deve servir de exemplo para todos, dentro e fora de campo. Não vemos uma única notícia do tipo que ela esteve numa festa, entrou com um saiu com outro, essas coisas que nos acostumamos a ver sempre no futebol masculino.
    Exemplo fora de campo também. Quantos de nós por motivos fúteis, muitas vezes faltam a aula ou a um dia de trabalho? Quantos de nós já quiseram desistir de tudo,da vida! Maurine. Exemplo. O pai falecido no domingo, ela honrando, suando a camisa. Fazendo o gol da vitória. O gol.
    O gol mais suado, mais vibrado e com o maior número de comemorações. Pq as comemorações? simples. foi a dela, das companheiras, da delegação, dos torcedores no estádio e de todos aqueles amantes do futebol feminino e amantes da garra e força de vontade que Maurine demonstrou desde o início do jogo. (não só ela, toda a equipe…)
    Parabéns, Maurine. Que você continue a ser exemplo. Você e todos aqueles que simplesmente não se deixam abalar pelas adversidades.
    Uma última coisa: Descanse em paz, sr Assis Brasil. Sua filha trará essa medalha em sua homenagem.

    Roberta Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>