Meninas do Japão dedicam título à vítimas do Tsunami

Ainda em êxtase pela conquista do título da Copa do Mundo de futebol feminino sobre os EUA, as japonesas não conseguem tirar o sorriso do rosto. Afinal, para elas, levar o troféu para casa significou muito mais do que apenas uma vitória dentro dos gramados. Além de alcançarem um feito inédito, as jogadoras tinham por objetivo mostrar às vítimas da Tsunami de Fukushima, ocorrida em março, que era possível dar a voltar por cima. E elas conseguiram.

Siga o Futebol para Meninas no Twitter: @futebolmeninas

“Ainda não consigo acreditar que conseguimos”, declarou a goleira Kaihori ao site oficial da Fifa. “Ficarei muito feliz se conseguirmos dar mais coragem às pessoas do Japão com a nossa vitória. Então, elas poderão ver o que é possível conseguir através da luta.”, completou.

Aya Miyama também concorda com a companheira de equipe e disse que, na sua opinião, o dinheiro que o time ganhou deveria ser enviado aos que sofreram com a tragédia. “Agora, a seleção deveria enviar o dinheiro que ganhou aqui às vítimas de Fukushima. Pelo menos, é o que eu gostaria de fazer com o dinheiro. Espero que consigamos trazer alegria e pensamentos positivos ao nosso país. Até o final, não desistimos e sempre acreditei que podíamos conseguir. Mesmo antes do torneio.”, encerrou.

O Japão venceu os EUA no último domingo, em partida que foi parar nos pênaltis, após 120 minutos eletrizantes. A camisa 1 Kaihori se tornou uma das estrelas do grupo, ao lado da capitã Sawa, após agarrar dois penais.

2 comentários sobre “Meninas do Japão dedicam título à vítimas do Tsunami

  1. Parabéns as japonesas, que mesmo com um futebol menos vistoso que as norte-americanas, suecas e brasileiras, souberam ganhar o título máximo do futebol feminino, com treinamento e estratégia de jogo, muita cordenação na marcação, habilidade no passe e precisão nos arremates a gol, somado a umas pitadas de sorte sobre a prepotência das norte-americanas e sua técnica sueca, após fazerem seus gols. As norte-americanas foram vencidas pelo belo gol daquela que foi considerada a melhor jogadora da Copa. Gol a lá Fred.

    Outro belo gol foi o que valeu o 3o lugar para a Suécia, que muito marmancho gostaria de ter feito, imagine em uma Copa do Mundo, então… Parabéns a suecas que ganharam das norte-americanas, mas perderam para a luta japonensa, ficando com a honrosa 3a colocação.

    A equipe francesa chegou longe de mais para o seu time, e o Brasil deveria estar entre as quatro melhores do mundo, se tivemos um tecnico que só se preocupasse com a seleção, teriamos mais treinos fisicos e, principalmente táticos, mais jogos amistosos e participação em campeonatos internacionais de “verdade”, não apenas torneios arranchados de fim de semana. Tenho certeza que não faltaria patrocinio para as viagens da seleção, pela Europa e Asia. Mas quantos jogos a nossa seleção jogou antes da Copa? Sem treinar, não dá, nem com a melhor jogadora do Mundo.

    Parabéns as JAPONESAS, as novas campeãs mundiais!!!

    E… já ia me esquecendo, FORA KLEITON, vai cuidar da suas empresas e deixe a seleção para outro melhor que vc, e muito, muito mais comprometido com o BRASIL.

  2. Concordo plenamente com o Antonio, o Kleiton Lima tem que sair mesmo, não dá, é muito ruim. Mas vcs sabem que essa CBF é uma porcaria, então, sei não hein? Temos Panamericano a vista e pelo jeito vamos continuar na mesmice…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>